Novo Blog para o Concelho de Ourém. Rumo à Excelência. Na senda da Inovação
comentar
publicado por João Carlos Pereira e Friends, em 30.06.10 às 22:51link do post | | adicionar aos favoritos
"Trate as pessoas como se elas fossem o que poderiam ser e está a ajudá-las a tornarem-se aquilo que elas são capazes de ser" - Goethe

comentar
publicado por João Carlos Pereira e Friends, em 30.06.10 às 01:14link do post | | adicionar aos favoritos

 

O Concelho de Ourém também já teve e continua a ter os chamados “boys”, aqueles que a troco de uma mão cheia de nada minam os partidos políticos e esperam que chegue a sua “boa oportunidade” – aquela oportunidade que lhes mude a vida, lhes dê um pé de meia e que os faça ser alguém neste mundo repleto de oportunismo e falsa “ambição”.

Há que distinguir, no entanto, do nosso ponto de vista, os maus “boys” dos bons “boys”. É que não pomos os “boys” todos no mesmo saco, pois acreditamos que bons “boys” ainda os há, mas, estes, infelizmente, já começam a escassear por aí, ou por não darem tanto nas vistas, ou por não serem tão notados nem valorizados.

Ficando a promessa de falarmos nos bons “boys” numa breve próxima oportunidade, é, porém, dos maus “boys” de que vos queremos falar hoje, e, tanto assim é, que vale a pena perdermo-nos um pouco por algumas “pedras preciosas” que fomos encontrando nos anais da nossa história concelhia mais recente.

Uma das primeiras que encontrámos, diz respeito a uma homenagem feita por um filho a seus pais, coisa bonita, dirão uns, atitude muito pouco humilde e séria, dirão outros.

Vejamos, então, o texto transcrito na íntegra:

A Concelhia de Ourém deliberou em reunião de Secretariado, e por unanimidade, atribuir a Paulo Fonseca, António Gameiro, Professora Maria José e Professor Heitor e a título póstumo a Dr. René Assumpção e a Quim Gordo o título de militantes Honorários da Concelhia de Ourém da Juventude Socialista. Esta cerimónia realizou-se no tradicional Jantar do 25 de Abril, na noite de 24 de Abril de 2002. Os dirigentes da Concelhia de Ourém prepararam uma surpresa no referido jantar. Lendo textos sobre os homenageados, destaparam quadros com as suas fotografias. De momento os quadros estão afixados na sede da Concelhia e constituem um reconhecimento da ajuda que estas pessoas prestaram aos dirigentes e à estrutura da JS”. Fim de citação.

Assina o texto: João Heitor.

Por curiosidade, fomos à procura dos textos dedicados aos homenageados, em particular aquele que o “bom filho” dedica a seus pais, e, vai daí, deparámo-nos com outra “preciosidade” que também se transcreve na íntegra:

«“É para hoje? Então temos de fazer”. Esta deve ser a ideia que mais nos habituámos a ouvi-los dizer e a pôr em prática. Fazem par aqui e na vida. A “tia” vai connosco de autocarro até aos comícios. O “tio” também embarca nas “cenas” dos mais novos. Andaram no rally papper, nas actividades e festas da JS. Sempre prontos a ajudar, são peritos em dobrar cartas, fazer porta-chaves e a desenrascar o pessoal. Ao ajudarem-nos e ao fazerem política, também nos “alimentam” pelas suas experiências de vida».

Quanto a nós, estamos tentados a chorar, mas sabemos que não vamos por aí…

E, não vamos por aí, já que esta reminiscência da “ingénua” vaidade do Ser Humano ganha ecos numa outra história que, desta vez, nos foi contada por um destacado ex-dirigente do partido político em destaque, a qual completa esta deliberada falta de descaramento.

Com efeito, aqueles quadros que serviram de préstimo àquela homenagem (em relação à qual, de per si, nada temos contra), foram parar, com “força de luz”, às paredes da sede do partido em Ourém, e, ao que parece, substituíram as dos Presidentes da República Mário Soares e Jorge Sampaio, ali condignamente prostrados há já alguns anos.

Comparações e contributos semelhantes? Certamente que não. Ou tratar-se-á de uma espécie de folhetim Paulo Portas versus quadro de Freitas do Amaral? No entanto, no caso que analisamos, ficamos por saber se foram remetidos por correio aos visados ou se, simplesmente, passaram para segundo plano…

Vale a pena então perguntar:

Decoração nova na Verourém?

Agora, estão os caros amigos a perguntar-se: “dor de corno”? Como é evidente, claro que não. Mas, afinal, quem é altruísta e procura o bem dos outros, lá tem tempo para se preocupar com essas coisas? Quem dá de coração não espera receber em troca, a menos que não seja sério nem muito menos de confiança.

Para além disso, e desculpem-nos a excentricidade, “humildade”, “respeito”, “lealdade”, “almoços”, “gasóleo”, “sedes”, “guitarradas”, “festas”, “património” e “ocupação”, felizmente, não nos falta! Haja é quem os mereça.

tags:

comentar
publicado por João Carlos Pereira e Friends, em 29.06.10 às 22:20link do post | | adicionar aos favoritos
Apesar de tudo, Valeu a Pena. Portugal Sempre.
tags:

comentar
publicado por João Carlos Pereira e Friends, em 29.06.10 às 01:07link do post | | adicionar aos favoritos

Portugal, dá-nos razões para continuarmos a acreditar. Boa Sorte (Nota: repetimos a imagem que utilizámos no "post" de dia 21, aquando do jogo com a Coreia do Norte, na esperança de que o grande feito se repita).

tags:

comentar
publicado por João Carlos Pereira e Friends, em 28.06.10 às 23:27link do post | | adicionar aos favoritos

 

Foi hoje divulgado o Barómetro da Universidade Católica, segundo o qual, se as eleições legislativas fossem hoje, o PSD de Pedro Passos Coelho venceria e obteria 37% dos votos, enquanto que o PS ficava-se pelos 34%. Por seu lado, a CDU passava a ser a terceira força política mais votada, com 10%, ao passo que o CDS e o Bloco de Esquerda não iam além dos 6%.

Como se costuma dizer, as sondagens valem o que valem, mas estes resultados hipotéticos não deixam de reflectir um pouco a realidade que estamos a assistir no nosso país.

Com efeito, a popularidade do governo e, em particular, do primeiro-ministro José Sócrates, tem vindo sistematicamente a baixar há já algum tempo, muito por força dos escândalos de corrupção a que o PS tem estado alegadamente associado, directa ou indirectamente, por força dos intermináveis “casos” ligados à pessoa de José Sócrates, e também por causa de certas medidas, necessárias mas impopulares, que o governo foi e continua a ser obrigado a tomar para fazer face à crise com que estamos confrontados.

Acresce a isto, o desgaste natural do governo, que decorre do facto de já ir no seu segundo mandato, razão pela qual a figura do primeiro-ministro sai ainda mais fragilizada.

Reduzindo ao mínimo as razões que motivam os resultados que esta sondagem nos revela, também não é alheia a circunstância de, na opinião de alguns, Pedro Passos Coelho estar a traçar, paulatina e consistentemente, uma verdadeira alternativa a José Sócrates. Fica a dúvida se assim será.

E já que este é um texto de mera síntese, resta-nos aguardar pelo evoluir da situação, e ver se o futuro vem ou não dar razão a este Barómetro.

tags:

comentar
publicado por João Carlos Pereira e Friends, em 28.06.10 às 21:27link do post | | adicionar aos favoritos
Vamos TODOS apoiar o Hugo, este jovem da Marnha Grande que precisa muito da nossa ajuda. TODOS juntos seremos poucos para o ajudar. Força Hugo, vais conseguir.

comentar
publicado por João Carlos Pereira e Friends, em 28.06.10 às 18:05link do post | | adicionar aos favoritos

 

Ode à Paz

 

Pela verdade, pelo riso, pela luz, pela beleza,

Pelas aves que voam no olhar de uma criança,

Pela limpeza do vento, pelos actos de pureza,

Pela alegria, pelo vinho, pela música, pela dança,

Pela branda melodia do rumor dos regatos,

Pelo fulgor do estio, pelo azul do claro dia,

Pelas flores que esmaltam os campos, pelo sossego dos pastos,

Pela exactidão das rosas, pela Sabedoria,

Pelas pérolas que gotejam dos olhos dos amantes,

Pelos prodígios que são verdadeiros nos sonhos,

Pelo amor, pela liberdade, pelas coisas radiantes,

Pelos aromas maduros de suaves outonos,

Pela futura manhã dos grandes transparentes,

Pelas entranhas maternas e fecundas da terra,

Pelas lágrimas das mães a quem nuvens sangrentas

Arrebatam os filhos para a torpeza da guerra,

Eu te conjuro ó Paz, eu te invoco ó benigna,

Ó Santa, ó talismã contra a indústria feroz.

Com tuas mãos que abatem as bandeiras da ira,

Com o teu esconjuro da bomba e do algoz,

Abre as portas da História,

                             deixa passar a Vida!

 

Natália Correia, in "Inéditos (1985/1990)"

tags:

comentar
publicado por João Carlos Pereira e Friends, em 28.06.10 às 11:22link do post | | adicionar aos favoritos

"Uma colectânea de pensamentos é uma farmácia moral onde se econtram remédios para todos os males" - Voltaire


comentar
publicado por João Carlos Pereira e Friends, em 28.06.10 às 02:05link do post | | adicionar aos favoritos

É já esta segunda-feira, dia 28 de Junho, que o Brasil defronta o Chile, mais um jogo dos "oitavos de final" do Campeonato do Mundo, e que promete ser um bom espectáculo. Como "país irmão" e tendo nós fortes laços que nos ligam ao Brasil, desejamos que ganhe mais este jogo. Força Brasil!

tags:

comentar
publicado por João Carlos Pereira e Friends, em 28.06.10 às 01:16link do post | | adicionar aos favoritos

Câmara Municipal de Vila Nova de Ourém

 

Presidente:

-António da Silva Teixeira (CDS)

 

Vereadores:

-Fernando António Vieira (PPD/PSD)

-Joaquim António Pereira Clemente (CDS)

-Eduardo Custódio Graça (PS)

-Leonel Pereira de Oliveira (PPD/PSD)

-Luís de Sousa e Silva (CDS)

-Luciano de Oliveira Santos (CDS)

tags:

comentar
publicado por João Carlos Pereira e Friends, em 27.06.10 às 23:32link do post | | adicionar aos favoritos

Antigo jardim da "Praça dos Táxis", em Ourém, outro local emblemático da cidade que agora apenas podemos recordar pelas fotografias.


comentar
publicado por João Carlos Pereira e Friends, em 27.06.10 às 23:01link do post | | adicionar aos favoritos

Hospital de Santo Agostinho


comentar
publicado por João Carlos Pereira e Friends, em 27.06.10 às 22:35link do post | | adicionar aos favoritos

comentar
publicado por João Carlos Pereira e Friends, em 27.06.10 às 21:54link do post | | adicionar aos favoritos

 

Para implantar a nova Câmara Municipal de Ourém, o anterior executivo da edilidade oureense deitou abaixo o depósito de água (outra relíquia da cidade criminosamente destruída), o jardim infantil e a antiga cadeia. Curiosamente, e mesmo ao lado do moderno edifício da Câmara, permanece o "mono" retratado na foto acima. Por que razão também não foi demolido? Ou nesta terra os títulos académicos são mais importantes para os políticos do que o interesse colectivo? Gostavámos de ver como seria acaso o seu proprietário fosse o "Zé do Povo". Coincidência? Ou talvez não...

tags:

comentar
publicado por João Carlos Pereira e Friends, em 27.06.10 às 21:24link do post | | adicionar aos favoritos

 

Aqui estavam colocadas, na Rua Teófilo Braga, em Ourém, umas placas com a indicação das distâncias de algumas localidades da região, naquela que foi a avenida principal da então Vila Nova de Ourém, placas essas que, dada a sua antiguidade e beleza, foram, estranha e incompreensivelmente, retiradas do local. Tratava-se de mais uma relíquia histórica, e símbolo da identidade do povo de Ourém, que nos foi criminosamente roubada. Reponsáveis? Os mesmos de sempre, os do PSD/Ourém, ou, dito de outra forma, aqueles incompetentes que também nos roubaram o nosso querido quiosque, o verde da nossa praça junto ao "Café Central", etc., etc., etc..

tags:

mais sobre mim
Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17




links
pesquisar
 
subscrever feeds
Contador
free counters
Blog iNovOurém no Facebook
Google Translate
TWITTER
Followers
blogs SAPO