Novo Blog para o Concelho de Ourém. Rumo à Excelência. Na senda da Inovação
comentar
publicado por João Carlos Pereira e Friends, em 25.08.10 às 12:41link do post | | adicionar aos favoritos

 

Irmã mais nova de Amália Rodrigues, Maria Celeste Rebordão Rodrigues, mais conhecida no meio artístico – o do fado – por Celeste Rodrigues, nasceu em 14 de Março de 1923.

Ficou célebre a entrevista que passamos a reproduzir:

 

“Por que se fez fadista?

- O exemplo de minha irmã teve grande influência. Cantava desde garota. Cantava por gosto.

Quando foi?

- Em 1951. Fiz a minha estreia como profissional, contratada por José Miguel, no Casablanca. Foi ele que me conseguiu a carteira profissional. Ouviu-me cantar num grupo de amigos na Adega Mesquita e contratou-me para o Casablanca.

O ser irmã da Amália Rodrigues influiu, de algum modo, na sua carreira?

- Sim, como não podia deixar de ser. Influiu até bastante. Mas, nunca Amália me aconselhou. Cada uma seguia o caminho que melhor lhe parecia.

Qual foi o seu primeiro fado de êxito?

- Talvez a “Lenda das Algas”. Há outros que também alcançaram assinalado êxito: quero referir-me a “Saudade Vai-te Embora”, o “Xaile” e “Lágrimas”.

Lembra-se do seu primeiro ordenado?

- Foram 100$00, no Casablanca”.

 

Celeste Rodrigues, demasiado agarrada à vida, sintetiza o que lhe vai na alma numa única expressão: “Estou bem. Estou cheia. Rica de afectos”.

 

Poderá consultar a Wikipédia para uma análise mais desenvolvida da sua biografia.

 

 

tags:

mais sobre mim
Agosto 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9


28



links
pesquisar
 
Contador
free counters
Blog iNovOurém no Facebook
Google Translate
TWITTER
Followers
blogs SAPO