Novo Blog para o Concelho de Ourém. Rumo à Excelência. Na senda da Inovação
comentar
publicado por João Carlos Pereira e Friends, em 12.09.10 às 17:36link do post | | adicionar aos favoritos

Nelson Mandela é indiscutivelmente uma referência internacional de bondade e de carácter.

Soube perdoar a quem o colocou longos e angustiantes anos na cadeia, e não mostrou qualquer rancor ou ódio antes, durante e após a sua libertação.

Chegou mesmo a presidente da África do Sul, um sinal de reconhecimento em relação ao homem que durante anos foi massacrado intelectualmente pelas ideias que defendia, e por querer tornar o seu país livre e verdadeiramente democrático.

O mundo é tributário da sua luta, da sua força e da sua coragem.

Muitos líderes mundiais, de maior ou menor expressão, deviam ter um livro de Mandela sobre a mesinha de cabeceira. Só assim teriam a noção clara de que, quando comparado com a vida de Nelson Mandela, as suas histórias de vida estão manchadas por valores e preconceitos desgastados e fúteis, que apenas têm contribuído para o atraso dos países e dos povos que lideram.

Mas, também o mundo perde com esse egoísmo larvar e mal intencionado. Perde em equilíbrio e valores. Perde também porque os direitos humanos não são respeitados e, muitas vezes, a vida humana é vista como negociável e de baixo valor.

Ora, tudo isto é a antítese do que Mandela tem sido para o seu país e para o mundo. Se não fosse um homem bom, com princípios éticos e fraternos, não teria granjeado um Prémio Nobel, nem seria reconhecidamente um cidadão da paz e para a paz.

Pena é que não existam muitos mais Mandelas espalhados pelos quatro cantos do mundo.

Imagine-se o que não seria hoje Cuba se, em vez de um Fidel, tivesse tido um Mandela. Há quanto tempo aquela gente toda era feliz, livre e humanamente mais desenvolvida…

Nelson Mandela será para sempre um ícone da história e uma referência da luta pela liberdade.

O racismo que tanto abominou e que o perseguiu durante longos anos, ainda é, infelizmente, uma chaga do nosso tempo.

Urge erradicar este mal que continua a maltratar a humanidade, um mal que assume variadas formas e que é matizado por várias cores.

Ainda somos daqueles que acreditam que os bons acabarão por vencer os maus, mas para isso, a nossa luta tem de ser perene e estar agendada todos os dias. É este também o legado e o sentido da luta de Nelson Mandela: uma luta constante pela procura da paz, da liberdade e do respeito pelos direitos humanos.

Todos temos direito a um pedaço de felicidade e a uma mão cheia de liberdade.

É por isso que Nelson Mandela sempre foi e será para nós uma agradável história de vida, uma grande lição que não queremos nunca desaprender e a nossa fonte de inspiração para enfrentarmos com coragem as agruras da vida.


mais sobre mim
Setembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

17

24

28


links
pesquisar
 
Contador
free counters
Blog iNovOurém no Facebook
Google Translate
TWITTER
Followers
blogs SAPO