Novo Blog para o Concelho de Ourém. Rumo à Excelência. Na senda da Inovação
comentar
publicado por João Carlos Pereira e Friends, em 05.10.11 às 16:00link do post | | adicionar aos favoritos

Dia em que se proclamou a República em Portugal.


comentar
publicado por João Carlos Pereira e Friends, em 24.04.11 às 22:14link do post | | adicionar aos favoritos

 

Numa altura em que o país bateu no fundo não só em termos económicos e financeiros ou sociais, mas também e sobretudo éticos – que valores defendemos? –, é importante manter a chama do 25 de Abril bem acesa, para que todos aqueles que agora começam a despontar para a vida, os mais pequenos ou mais jovens, tenham não só uma consciência clara do que ele representou para os portugueses, mas também para não caírem no erro que nós, os mais velhos, cometemos ao acreditarmos que haveria por aí um punhado de gente capaz de prosseguir o trabalho dos “capitães de Abril” e catapultar Portugal para a linha da frente.

Esse erro, foi também acreditarmos ingenuamente que o nosso futuro poderia sorrir-nos com esta cáfila política que tem vindo a ditar as regras nos últimos trinta anos e a roubar o próprio Estado e os portugueses.

Chegámos a este estado vegetativo e insalubre porque também nos demitimos de ser cidadãos, porque permitimos este experimentalismo de competências duvidosas e brejeiro, achámos normal que qualquer aprendiz de trolha (sem demérito para os trolhas) se sentasse na cadeira do poder e brincasse à política como se estivesse no recreio de um qualquer jardim de infância.

Portugal merece mais e melhor. Nós merecemos mais e melhor.

Por agora, deixemo-nos inebriar pelo cheiro da história de um simples e frágil cravo vermelho.


comentar
publicado por João Carlos Pereira e Friends, em 05.10.10 às 02:26link do post | | adicionar aos favoritos

 

Celebra-se hoje os cem anos da Implantação da República em Portugal.

Da varanda da Câmara Municipal de Lisboa, José Relvas proclamou ao país a República, a 5 de Outubro de 1910.

Seguiu-se a nomeação de um Governo Provisório, chefiado por Teófilo Braga, a quem foi pedia a incumbência de governar Portugal até que fosse aprovada uma nova Constituição (que viria a ocorrer em 1911).

 

A revolução republicana traduziu-se num golpe de estado organizado pelo Partido Republicano Português, o qual destronou o Rei D. Manuel II e pôs termo à monarquia constitucional vigente em Portugal desde 1820.

 

Carta escrita por D. Manuel II, a bordo do iate real “Amélia”, e dirigida ao primeiro-ministro:

 

Meu caro Teixeira de Sousa. Forçado pelas circunstâncias vejo-me obrigado a embarcar no yacht real “Amélia”. Sou português e sê-lo-ei sempre. Tenho a convicção de ter sempre cumprido o meu dever de Rei em todas as circunstâncias e de ter posto o meu coração e a minha vida ao serviço do meu País. Espero que ele, convicto dos meus direitos e da minha dedicação, o saberá reconhecer! Viva Portugal! Dê a esta carta a publicidade que puder. Sempre muito afectuosamente, Manuel R., yacht real “Amélia”, 5 de Outubro de 1910”.


mais sobre mim
Outubro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


links
pesquisar
 
Contador
free counters
Blog iNovOurém no Facebook
Google Translate
TWITTER
Followers
blogs SAPO