Novo Blog para o Concelho de Ourém. Rumo à Excelência. Na senda da Inovação
comentar
publicado por João Carlos Pereira e Friends, em 23.09.10 às 23:24link do post | adicionar aos favoritos

 

A pouco mais de três meses do final de 2010, é importante relembrar que este ano foi declarado pela Organização das Nações Unidas (ONU) como o “Ano Internacional da Diversidade Biológica”, uma campanha mundial cujo mote foi a sensibilização para a salvaguarda da biodiversidade no nosso planeta.

Com efeito, estabelecida na Cimeira da Terra, que decorreu na cidade do Rio de Janeiro em 1992, a Convenção para a Diversidade Biológica (que conta com mais de 191 parceiros) consubstancia-se num tratado internacional que tem por objectivo a defesa da conservação e o uso sustentável da biodiversidade, através de uma partilha equitativa dos múltiplos benefícios dessa biodiversidade.

O lema da campanha para 2010, “A biodiversidade é a vida. A biodiversidade é a nossa vida”, teve em vista sublinhar o papel crucial da natureza no apoio à vida na Terra, onde se inclui a nossa própria vida.

De entre os objectivos estabelecidos para o “Ano Internacional da Diversidade Biológica” contam-se, nomeadamente:

- Intensificar a consciência pública para a importância da salvaguarda da biodiversidade e para as ameaças que lhe estão subjacentes;

- Promover o conhecimento das acções que foram já concretizadas para salvaguardar a biodiversidade, e que têm vindo a ser tomadas por comunidades e governos;

- Encorajar os indivíduos, as organizações e os governos a promover as acções necessárias para pôr termo à perda da biodiversidade;

- Promover soluções inovadoras no sentido de reduzir as ameaças à biodiversidade;

- Iniciar o diálogo entre as partes interessadas para se definir os passos a serem dados após 2010.

Foi neste âmbito que a ONU enfatizou que esta campanha destinava-se a celebrar a diversidade da vida na Terra e a contrariar a perda da biodiversidade no mundo, tanto mais que esta perda, cujo ritmo de extinções é alarmante, é causada pelas actividades humanas, estimando-se que seja agravada pelas alterações climáticas.

Na verdade, a protecção da biodiversidade é uma preocupação à escala global, que necessita de uma acção à escala local, ao nível dos vários países e das suas comunidades.

Prometido que foi que o ano de 2010 seria um ano de mobilização internacional em relação a este desafio global, é tempo agora de esperar que a Cimeira da Biodiversidade, a ter lugar em Outubro próximo na cidade japonesa de Nagoya, concretize a pretensão de levar os diversos governos presentes a definir os objectivos e as etapas para contrariar a perda da biodiversidade.

Seria igualmente importante que também no nosso país se fizesse o balanço das iniciativas que foram levadas a cabo no âmbito desta campanha internacional a favor da biodiversidade.

É que este é um problema que nos afecta a todos, e a todos urge reflectir sobre as conquistas que foram alcançadas neste domínio em defesa da biodiversidade do nosso planeta.

Também por isso nos devemos concentrar na urgência deste desafio colectivo para o nosso futuro.

Finalmente, espera-se que 2010 acabe em Kanazawa, no Japão, em Dezembro deste ano, com uma Cimeira que marcará o início do “Ano Internacional das Florestas 2011”.

UN Secretary General Welcome Message for the 2010 International Year of Biodiversity from CBD on Vimeo.


comentar
publicado por João Carlos Pereira e Friends, em 23.09.10 às 01:08link do post | adicionar aos favoritos

 

Invariavelmente, todos os anos por esta altura o Outono bate-nos à porta, e traz consigo dias mais curtos e húmidos.

O calor do Verão ficou para trás e, por isso, começamos agora a preparar-nos para os dias frios que se avizinham.

Mas, o Outono tem também os seus encantos: as folhas das árvores que começam a cair, as cores que a nossa vista consegue alcançar e que só no Outono as podemos vislumbrar, as iguarias típicas desta época, as primeiras lenhas que se queimam nas lareiras, os sons de festa e o latejar dos paladares que nos trazem o bom São Martinho e Todos os Santos, a prova do vinho, as viagens às adegas, as primeiras chuvas que fazem levantar o inebriante cheiro a terra molhada, o prazer do chá quente com uma saborosa torrada, as castanhas, as nozes, as deliciosas broas de mel, o cheiro a rosmaninho na alvorada do dia…

O Outono tem tanto para nos contar. E nós tanto para saborear…


mais sobre mim
Setembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

17

24

28


links
pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO